DESENHANDO NO MUSEU DE ARTE DE ONTÁRIO

capa_ago

Hoje estamos cultos, transgressores, reflexivos. Esse post é pra quem reclama que está com bloqueio criativo, que não consegue destravar a munheca, que se sente incapaz de desenhar fora de casa. Então dá a mãozinha aqui, que eu vou te levar comigo pra ver como dá pra tirar muita inspiração do mundão que está lá fora e como isso pode te dar combustível para os jobs do dia a dia e também para os seus projetos pessoais 😉 Você não precisa levar um arsenal imenso: uns dois lápis, borracha, um sketchbook de capa dura e sua cabeça bem aberta e relaxada. Se quiser, finalize em casa, mas a ideia aqui é tentar fazer o máximo que der fora de casa!

E nesse primeiro vídeo da série Saindo da Toca, vamos visitar o Museu de Arte de Ontário (AGO) e desenhar como le gusta, ilustríssimos. Afinal, não é todo dia que você pode desenhar junto com Rembrandt, então vamos aproveitar a oportunidade?! Vamos. Mas lógico que eu não conseguiria só desenhar de boas. Também atrapalhei um grupo de visitantes e fiz vergonheira em público quando vi meu quadro preferido de Andy Warhol. Achegue-se:

Quero saber + sobre isso!

Porque todo ilustrador deveria visitar a Disney

IMG_5420

Você pode falar que não gosta muito da Disney. Que lá é lugar de criança e você como bom adulto quer explorar lugares de gente grande. Que não gosta muito de brinquedos e não se encanta com desenhos animados. Há ilustradores que acham que tudo é uma grande repetição. Críticas à parte, até os que não curtem, não podem negar o tremendo sucesso que a Disney tem há décadas e como isso afetou e afeta as referências que temos na vida, principalmente na ilustração 🙂

Quero saber + sobre isso!